sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Posted by Demétrio Melo | File under : , ,

Proclamação da República
Hoje faz 124 anos da Proclamação da República do nosso glorioso país. O então Marechal Deodoro da Fonseca, juntamente com outros eminentes positivistas da época como Demétrio Ribeiro, Quintino Bocaiúva, Benjamim Constant e Rui Barbosa, todos eles membros ativos da maçonaria brasileira. Organizaram a tomada de poder que culminaria com a deposição de D. Pedro II do trono imperial brasileiro. Nosso país foi o último da América a tornar-se republicano, estava então na contramão da história.
O desgaste do império  com os setores religiosos, militares e elitistas dos grandes fazendeiros, apressou o processo de sua deposição fazendo com que não mais contasse com o apoio de nenhum grupo expressivo naquele 15 de Novembro de 1889.
D. Pedro II
O fato é que a Proclamação da República no Brasil foi um golpe reservado as elites brasileiras, em que o povo absolutamente em nada contribuiu ou participou.

Enquanto em outras nações, uma data tão importante é lembrada com glórias e saudações, vemos no nosso país o mais absurdo descaso para com nossa história e os eventos que dizem respeito a nossa nação. É um insulto ver um país que comemora o ócio e a vadiagem em vez de ovacionar nosso patrimônio em forma de memória. Isto se deve a falta de um governo forte, centralizado e nacionalista. Que discipline e oriente seu povo para o norte do progresso e do trabalho. É urgente e necessário mudanças drásticas no que se chama de democracia moderna. Uma mudança estrutural se faz urgente na eliminação pela raiz de dois maus que corroem nosso querido país, o crime generalizado e a corrupção.
O QUE ACHOU?:

Um comentário:

  1. Maravilhosa e profunda crítica, professor. Mas, enquanto intelectual e historiador, de que forma o sr.concebe a participação da juventude na concepção dessa evolução do país? como o sr. avalia as manifestações (as das ruas) atuais e o momento atual de nosso país?

    ResponderExcluir